Decoração       Moda       Eventos       Gourmet       Viagens       Dicas

21 de maio de 2015

AS NOVAS EXPOSIÇÕES QUE ENTRAM AMANHÃ NA GALERIA ARTUR FIDALGO

Dica esperta para quem curte arte moderna :
Amanhã, dia 22 de maio, a partir das 18 horas, acontece a vernissage de duas exposições super vanguardistas na GALERIA ARTUR FIDALGO :
No espaço principal da galeria, teremos a exposição individual Uma Diva, Uma Louca, Uma Macumbeira. Meu deus, ela é Demais! da artista CAMILA SOATO, finalista do PIPA (Prêmio Investidores Profissional em Arte) em 2013.
Já no Armazém Fidalgo, O artista GUGA FERRAZ irá ocupar a vitrine apresentando seu trabalho: Projeto Totem Cabeça.
O evento acontece com apoio do CIGA 2015, Circuito Integrado de Galerias de Arte, promovido pelo ArtRio Feira Internacional de Arte Contemporânea, com programação especial em mais de 20 galerias do Rio de Janeiro.
Programinha TOP para começar o fim de semana, não acham ?

Abaixo um release da obra da artista CAMILA SOATO:
A artista brasiliense CAMILA SOATO abre a exposição “Uma Diva, Uma Louca, Uma Macumbeira/ Meu deus, ela é Demais”, na Artur Fidalgo Galeria. Apresenta 50 pinturas inéditas em tamanhos variados, nas quais cenas esdrúxulas tiram o véu do nonsense político e social em que vivemos.
 Com uma narrativa maliciosa e inusitada, CAMILA penetra na complexidade do que parece banal. Escracha para desmascarar contradições morais através de cenas corriqueiras. Seu autorretrato surge em situações bizarras, ora com máscaras de bichos, ao lado de galões de água, devorando uma coxinha gigante, tirando um selfie com celular durante uma transa, próxima a panelas de pressão, em temas do universo feminista, da macumba e da fantasia. "O uso das máscaras de bichos surgiu como um passaporte para extravasar o impulso animal, desejos que muitas vezes são reprimidos mas existem", conta.    
 Em um comentário à história da arte, CAMILA se apropria de alguns retratos clássicos de Louis XV e e da nobreza os introduzindo como travestis. "Para mim, eles já eram travestis". Na maior tela da exposição, ela faz referência ao polêmico e sugestivo "Almoço na Relva" (1863), de Édouard Manet, que foi mal-aceito por mostrar uma mulher nua almoçando com dois homens no bosque. Camila também fala de prostituição e insere elementos da crise política, social e ambiental atual. 
 Sua crítica debochada constrói um embate de valores entre aquilo que consideramos nobre e vulgar. A imponência da pintura a óleo figurativa contrasta com a fuleragem de sua polifonia imagética, o suporte e aura das telas colidem com a violência e humor das situações retratadas, a potência de suas pinceladas divide espaço com borrões e manchas. "Me aproprio também de um desleixo ou um erro como uma heresia pictórica".  
 As cenas, quase sempre em movimento, são ao mesmo tempo prosaicas e inesperadas, sem tentar esconder qualquer sujeira ou imperfeição. Estouram sobre o fundo neutro decorativo como flagras instantâneos das nossas idiossincrasias morais. São delírios de uma diva, uma louca, uma macumbeira em uma sociedade em crise.

GALERIA ARTUR FIDALGO :
RUA SIQUEIRA CAMPOS 143 - SEGUNDO ANDAR - COPACABANA.


O CONVITE
 UMA DAS OBRAS QUE SERÃO EXPOSTAS




2 comentários:

Anônimo disse...

Imperdível essa exposição!

Anônimo disse...

Espetacular!! Com uma pegada debochada e divertida!!! Um trabalho potente! Parabéns!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...